NOVIDADES

Comer muito chocolate dá espinhas?

Acne X Chocolate

Para muitos não existe nada mais prazeroso do que comer chocolate, mas será que existe alguma relação com o surgimento de acne?

O que é Acne?

A acne é um distúrbio no funcionamento das glândulas sebáceas. Estas glândulas se desenvolvem muito na puberdade, por estímulo dos hormônios sexuais. Elas se distribuem na face, tronco e dorso e produzem gordura, que é eliminada através dos poros. Quando bactérias contaminam esta secreção ocorre inflamação e surge a acne.

Principais Sintomas:

A acne se apresenta com comedões (cravos), pústulas (espinhas) e cistos (nódulos inflamados) que podem surgir na face, pescoço, tronco, dorso, ombros.
Ao contrário do que muitos pensam, a acne, apesar de comum, é uma doença e como tal dever ser encarada. Se não for tratada adequadamente, pode persistir por muitos anos e deixar cicatrizes irreversíveis no seu portador.

O chocolate causa acne?

Acne não é causada por alimentos. Sempre é importante se manter numa dieta balanceada. Por outro lado, se certos alimentos parecem piorar a sua acne, tente evitá-los e converse com o seu médico.

Tratamento:

A escolha do melhor esquema de tratamento depende de vários fatores, tais como intensidade da acne, sua localização, tempo de evolução, bem como das características individuais. A auto-medicação deve ser evitada, pois um tratamento que deu bons resultados para uma pessoa, pode não funcionar com outra, e até agravar o quadro.
A higiene da pele é muito importante para as pessoas com predisposição à acne. Por isso é preciso que se lave a face ou a área atingida com água fria e sabonete apropriado (não gordurosos), duas vezes ao dia, para remover o excesso de oleosidade da pele. Quando já há lesões instaladas, podem ser associados géis ou loções. Em graus avançados são usados medicamentos via oral.
O controle da acne é um processo contínuo. A melhora do quadro leva tempo. Portanto, sempre siga corretamente as orientações do seu dermatologista.
Não existe tratamento instantâneo ou cura permanente, mas o quadro é controlável e o tratamento adequado pode prevenir cicatrizes. Nesse caso, para a sua correção o dermatologista pode realizar diversos tratamentos. São eles:

  • - Peeling: Procedimento de aplicação de substâncias químicas na pele, que provocam a sua esfoliação e descamação;
  • - Dermoabrasão: Método de lixamento das camadas superficiais da pele;
  • - Infiltração: Aplicação de substâncias sobre as cicatrizes elevadas para diminuí-las;
  • - Métodos cirúrgicos: Remoção das cicatrizes irregulares, utilizando diferentes técnicas, dependendo do tipo da cicatriz;
  • - Preenchimentos: Utilizam-se materiais naturais (por exemplo gordura) ou sintéticos para disfarçar e elevar as cicatrizes deprimidas;
  • - Luz Intensa Pulsada: Indicado para lesões ativas de acne, manchas e cicatrizes provocadas pela acne. Pela tecnologia da luz intensa pulsada, age em dois níveis da pele: Profundo e superficial. Este procedimento é realizado em consultório sem necessidade de afastamento das atividades diárias.