Alergia alimentar

O que é?

Alergia alimentar é uma reação anormal do organismo, provocada por um alimento ingerido.

Causas

Embora qualquer alimento possa ocasionar uma alergia alimentar, existem alguns que são responsáveis pela maioria das reações, principalmente em crianças, entre os quais: ovos, leite de vaca, amendoim, soja, trigo, peixe, mariscos e castanhas.

Sintomas

Os sintomas decorrentes da ingestão de alimentos variam desde reações leves a ameaçadoras, que podem acometer vários sistemas do corpo, tais como:

Pele: provocando urticária, edema, coceira ou manchas avermelhadas.
Trato gastro intestinal: ocasionando náuseas, dor ou desconforto abdominal, vômito e diarréia.
Sistema respiratório: provocando coriza ou obstrução nasal, espirros, tosse, dor no peito e dificuldade em respirar.

Geralmente as reações de alergia alimentar ocorrem de alguns minutos a 1 ou 2 horas após o alimento ter sido ingerido. Porém o mais grave de todos esses problemas é denominado anafilaxia, que pode desencadear uma queda na pressão sangüínea e a perda da consciência, podendo ser fatal. Essa reação pode ocorrer poucos minutos após a ingestão de quantidades muito pequenas do alimento que causa a alergia.

Tratamento

O diagnóstico precisa ser feito com a ajuda de um médico que, após avaliação completa da história alimentar, poderá pedir exames, testes alérgicos e definir a origem da alergia ou intolerância.

O único tratamento para alergia alimentar é evitar o alimento que causa o problema. Isso pode ser incômodo quando a alergia é provocada, por exemplo, por um corante, presente em vários alimentos ou quando não se consegue descobrir o alimento responsável, ou ainda quando a alergia é provocada por um alimento muito comum na dieta e de difícil eliminação.

Prevenção

Atualmente, a ciência médica não pode curar as alergias alimentares. Por isso, a leitura cuidadosa do rótulo dos alimentos e a proibição estrita dos alimentos alergênicos podem ajudar a prevenir, se não todas as reações de alergia alimentar, pelo menos uma grande parte delas.

Vale ressaltar que recentes estudos apontam que alergias provocadas por amendoim e peixe devem ser consideradas para a vida inteira. As alergias alimentares provocadas pelo leite, ovo e soja podem desaparecer em muitas crianças durante a infância. Entretanto, uma vez que esses alimentos estão presentes na alimentação infantil e a reação a eles pode ser muito perigosa, somente o médico poderá verificar se a alergia foi superada.