Considerações sobre doenças alérgicas

O que é alergia?


Alergia é uma resposta de defesa exagerada do sistema imunológico de algumas pessoas diante de alguma substância que o organismo reconhece como estranha a ele. Esta resposta exagerada que tem como base o fator hereditário e a exposição às substâncias alergênicas; poeira, pó, pelo de animais, insetos, poluição, produtos químicos, leva aos sintomas e sinais das várias doenças alérgicas. As alergias podem ser: -Respiratórias: Rinite Alérgica e asma (bronquite); -Ocular: Conjuntivite alérgica; -Dermatológicas: Dermatite atópica (eczema atópico); Dermatite de contato; Urticária; Angioedema. Demais informações consulte um dos nossos alergistas.




Estrófulo: Alergia a picada de insetos


A alergia a picada de insetos é chamada estrófulo. É uma alergia que ocorre frequentemente em crianças de 1 a 10 anos de idade, mas pode também ocorrer em adultos. As lesões de pele aparecem como pápulas (bolinhas) ou vesículas e bolhas sobre uma área da pele avermelhada. Algumas vezes, dependendo da sensibilidade da pessoa, toda uma região do corpo pode ficar inchada e vermelha. O número de lesões é variável e a coceira é sempre muito intensa. Os insetos que mais frequentemente causam o estrófulo são pernilongos e borrachudos e geralmente as lesões aparecem em áreas expostas. Aquelas que ficam agrupadas em áreas cobertas podem ser de picada de pulgas. Além desses, há outros insetos como a formiga e o carrapato. As complicações mais comuns são: infecção secundária por bactérias trazidas pelas unhas, quando se coça a região afetada, manchas e cicatrizes nos locais das lesões. Demais informações consulte um dos nossos alergistas.




Alergia Alimentar


É uma reação anormal do organismo, provocada por um alimento ingerido. Embora qualquer alimento possa ocasionar uma alergia alimentar, existem alguns que são responsáveis pela maioria das reações, principalmente em crianças, entre os quais: ovos, leite de vaca, amendoim, soja, trigo, peixe, mariscos e castanhas. Os sintomas decorrentes da ingestão de alimentos variam desde reações leves a ameaçadoras, que podem acometer vários sistemas do corpo, tais como: - Pele: provocando urticária, edema, coceira ou manchas avermelhadas. - Trato gastro intestinal: ocasionando náuseas, dor ou desconforto abdominal, vômito e diarreia. - Sistema respiratório: provocando coriza ou obstrução nasal, espirros, tosse, dor no peito e dificuldade em respirar. O mais grave de todos esses problemas é denominado anafilaxia, que pode desencadear uma queda na pressão sanguínea e a perda da consciência, podendo ser fatal. Essa reação pode ocorrer poucos minutos após a ingestão de quantidades muito pequenas do alimento que causa a alergia. Demais informações consulte um dos nossos alergistas.




Urticárias


A urticária é um quadro alérgico que pode ser desencadeado por medicamentos, alimentos, infecções e vários outros fatores. As lesões de urticária aparecem como inchaços vermelhos, que ocorrem em grupos, em qualquer parte da pele. Normalmente demora poucas horas para desaparecer e não deixa marcas, porém novas lesões podem se desenvolver em áreas que já foram lesadas. Elas podem variar de tamanho, desde pequenas como um grão de ervilha até grandes como um prato, podendo também se agrupar formando um inchaço muito perceptível. As mais comuns são: alimentos, remédios ou infecções, picadas de insetos e doenças internas também podem ser os responsáveis. Outras causas podem ser estímulos físicos, tais como pressão, frio e calor. A duração da urticária é muito variada, de dias, semanas e em alguns casos, até por anos. Demais informações consulte um dos nossos alergistas.




Fisioterapia Respiratória


A Fisioterapia respiratória ambulatorial é indicada para pacientes portadores de asma, bronquite, rinite e sinusite, dentre muitas outras doenças do sistema respiratório. O trabalho da fisioterapia respiratória visa, principalmente nesses casos, orientar o paciente sobre a maneira mais correta de respirar explorando a musculatura mais adequada para isso e com menor gasto possível de energia. É importante ressaltar que, do ponto de vista geral, todo paciente com asma, rinite e sinusite, independentemente de sua faixa etária, representa um candidato em potencial para a fisioterapia respiratória, sendo que as medidas fisioterápicas devem ser adotadas com o máximo de precocidade, de modo a prevenir o desenvolvimento de vícios posturais e deformidades estruturais, tanto da face quanto da caixa torácica, muito comum nesses pacientes. Com a utilização regular e bem orientada da fisioterapia respiratória os resultados são de grande significado clínico, com nítida melhora dos sintomas na maioria dos casos, expressiva ampliação dos intervalos entre as crises e indiscutível recuperação do estado geral dos pacientes. Vale ressaltar que a fisioterapia respiratória não deve ser considerada de modo isolado, mas sim como um complemento terapêutico das medidas convencionais de tratamento no manuseio de pacientes portadores de patologias do sistema respiratório (asma e rinite principalmente). Demais informações consulte um dos nossos alergistas.





Faça o agendamento online.

É fácil, rápido e seguro.

Unidade Lapa

Tel. 11 3649-0900

Unidade Tatuapé

Tel. 11 2942-1833

Unidade Santo Amaro

Tel. 11  5682-8711

Unidade Santo André

Tel. 11 4433-4133

Unidade Santa Cruz

Tel. 11 3149-2888

Unidade São Caetano

Tel. 11 4228-7344

Dr. Fábio Kayano

CRM 104.314

  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin

©  2019 por Alergo Dermatologia Integrada. Por CDC Marketing

Atenção: a internet, pela sua limitação, não deve ser utilizada como um instrumento para diagnóstico clínico ou tratamento de doenças e problemas de saúde. Sendo assim, as informações acima podem ser utilizadas para complementar mas nunca substituir uma consulta médica. Para a sua segurança, todo tratamento deve ser iniciado com orientação médica uma vez que é indicado de acordo com as características específicas de cada pessoa, da doença a ser tratada e outras variáveis. Consulte sempre um médico.

*As imagens utilizadas nesse site são meramente ilustrativas e não representam casos reais de tratamento em pacientes.